29 de jul de 2012

Jessi Jae Joplin para Tunnel Vision

Recentemente, minha blogueira favorita, Jessi Jae Joplin, sobre a qual já falei neste post, estrelou a campanha de julho da marca Tunnel Vision. O editorial, intitulado The Killing Moon, baseou-se no visual gótico dos anos noventa e buscou inspiração nos filmes The Doom Generation Buffy, a Caça-vampirosSem precisar dizer o quanto fiquei apaixonada por estas fotos, as compartilho com vocês:




































E vocês, o que acharam do editorial?

26 de jul de 2012

Minhas bandas favoritas

Muitas, muitas pessoas me perguntam o tempo inteiro quais são minhas bandas favoritas. Por esta razão, eu decidi listá-las e utilizar esse post como resposta pelos próximos meses - ou até que minhas preferências sejam alteradas, o que considero difícil. Não é uma tarefa fácil resumir minhas bandas favoritas, mas vou tentar ser o mais fiel possível ao meu coração. Vamos lá:

Marilyn Manson




















Esse sujeito é de longe uma das pessoas que mais admiro no mundo. Ele tem o incrível poder de unir o grotesco ao que existe de mais íntimo em cada humano, e consegue transmitir isso em sua música. Juro para vocês que poucas pessoas conseguem me fazer abaixar a cabeça e genuinamente respeitá-las. Sou fascinada pelo que ele tem em sua mente e pela maneira como expõe suas opiniões, sempre fazendo uso do anormal e estranho, para comprovar, posteriormente, que todos nós somos tão ou mais bizarros que ele. Basta ouvir sua música e observar suas letras para compreender como isso funciona.


Angra
A banda mais completa e criativa de todos os tempos. Comecei a ouvi-la aos dez anos de idade, uma vez que meu irmão mais velho era fã número um e acompanhou o trabalho dos caras desde o início. Eles são de São Paulo e passaram por reformulações na formação, trocando de vocalista (a mudança mais relevante) uma vez, em 2000. Eu me lembro de ter demorado bastante a me habituar com a nova voz do Angra, embora nunca tenha apreciado verdadeiramente o rumo que a banda tomou após essa mudança, que a fez perder a brasilidade característica de suas músicas, algo que me interessava mais que qualquer outra coisa. Ademais, músicas dos primeiros álbuns, como Nothing to Say, Carry On e Lisbon, me fazem lembrar de uma época de descobertas, enquanto seus últimos discos me remetem a momentos divertidos e muito marcantes, visto que a maioria dos shows que eu fui até o momento foram do Angra.


Children Of Bodom


Comecei a ouvi-la por volta de 2005, em uma situação inusitada. Acredito que eu vivia um período de pura rebeldia e detestava o fato da minha mãe adorar as bandas que eu ouvia, como Angra, Nightwish e Skid Row, por exemplo. Determinado dia, eu decidi que deveria começar a ouvir algo que somente eu gostasse, então encontrei um site chamado "Black Metal Radio" e me dediquei a ouvir as bandas que tocavam por lá. Em determinado instante, uma música chamada Sixpounder foi transmitida e eu fiquei instantaneamente apaixonada por ela. Busquei informações sobre a banda, baixei todos os álbuns que eu encontrei e lá estava algo que me deixou obsessiva por muito tempo. É claro que a minha mãe detestava todas as músicas, porém eu já não estava mais me importando com isso e minha única preocupação era lotar meu computador com fotos bizarras do Alexi Laiho, imitar suas jogadas de cabelo, começar a beber Heineken, cuspir para o alto e inventar histórias engraçadas sobre a banda com minhas amigas entre uma aula e outra. Ah, como eu era retardada...


Guns N' Roses
Se você encontrar uma máquina do tempo, regredir pouco mais de uma década e vir ao meu encontro, deparar-se-á com uma menina magra, loira e com uma bandana vermelha na cabeça, venerando o pôster de um Axl Rose sem camisa e em sua melhor forma na parede de seu quarto. Eu passei muitos anos conhecendo bandas novas, porém o Guns N' Roses jamais deixou meu playlist e, como o Angra, esteve presente em muitos momentos da minha vida. Eu tinha doze anos quando o Axl Rose veio ao Rock In Rio III e passei a noite inteira abafando o choro em meu travesseiro, frustrada por meu pai não ter permitido que eu fosse ao show. No dia seguinte, ele comprou todos os jornais e eu recortei as matérias que falavam sobre o Axl Rose, enquanto assistia à fita que minha mãe gravou para mim da transmissão ao vivo do show, na Globo. Muitos anos depois, embalada por Civil War, Rocket Queen e You Could Be Mine, eu estava começando a passar a madrugada fora de casa, rodeada por pessoas que trajavam calças de couro e leggings de onça e que tentavam viver a atmosfera do Hard Rock oitentista. Certamente eu superei essa fase e me tornei uma pessoa quase normal, entretanto não tirei o GNR do meu Windows Media Player.

___________________________________________________________


E estas são minhas bandas favoritas. Eu comecei a escrever esse post com o objetivo de listar as cinco bandas que eu mais gosto, porém consegui encontrar apenas quatro que nunca abandonaram esse posto, mesmo depois de tantos anos. Nesse quinto lugar eu poderia mencionar Nightwish, Mötley Crüe, O Teatro Mágico, The Runaways e tantas outras, mas não achei justo colocá-las em uma lista tão importante como essa.

E então, quais são as suas bandas favoritas?

22 de jul de 2012

Taylor Momsen Inspired Makeup

Dias atrás, eu perguntei aos meus seguidores no Twitter e no Facebook sobre qual maquiagem eles gostariam de ver em um tutorial, e a resposta foi dita em uníssono: Taylor Momsen. Gostei tanto da ideia, que liguei minha câmera e gravei um passo-a-passo da maquiagem da vocalista do The Pretty Reckless, que coincidentemente estará em turnê no Brasil dentro de algumas semanas. Confira o resultado, juntamente às fotos que eu tirei maquiada como a Taylor:












E você, gosta de The Pretty Reckless e pretende ir ao show?

16 de jul de 2012

Bolo de caneca e outras histórias

Na última sexta-feira, minha melhor amiga, Jack Moore, veio dormir aqui em casa, e nós aproveitamos para gravar alguns vídeos e fazer muita bagunça. Ensinamos uma ótima receita de bolo de caneca vegano feito no micro-ondas e respondemos algumas perguntas que as pessoas nos fizeram. Confiram o resultado dessa romântica noite:







































E você, tem uma melhor amiga com quem possa compartilhar noites divertidas assim?

12 de jul de 2012

Lookbook: The Dope Show

Alguns de vocês já devem saber que eu ganhei um vestido da OASAP, uma loja de Hong Kong, e que eu estava muito ansiosa para mostrá-lo a todos. Para resolver isso, fiz algumas fotos, que vocês poderão conferir a seguir:
































Antes que me perguntem, o vestido é este aqui e custa 29 dólares. Neste post eu ensinei como realizar compras em lojas estrangeiras, então aproveitem! E, sim, o Peppê adora aparecer em fotos!

E vocês, têm o hábito de usar roupas importadas?

11 de jul de 2012

Algo não está cheirando bem...

Centenas deles são lançados todos os dias, comprovando que os intitulados blogs de moda tornaram-se uma epidemia na web. Não me surpreendo, contudo, ao me deparar com esse novo fenômeno, e consigo enxergar algo de positivo nisso, uma vez que a oportunidade de se compartilhar opiniões adversas jamais deve ser vista como algo retroativo para uma sociedade. A razão do odor impregnar minhas narinas e me intoxicar encontra-se na maneira como isso está acontecendo.

Seguindo um péssimo padrão, adolescentes e jovens adultos lançam um blog através de um único objetivo: lucrar. Não sou hipócrita o suficiente para dizer que existe algo de muito errado nisso, visto que eu também adoro dinheiro e tirar proveito das coisas sempre que possível, entretanto meus olhos perdem o brilho quando eu vejo a mentira como intermediadora financeira. Após abrir um programa de parceria com blogueiros na minha loja, precisei acessar mais de duzentos blogs em um mês e pude observar as mais variadas formas de contar mentiras e sustentar a atividade de blogar nas maneiras mais óbvias que existem, o que me cansou e me fez fechar o programa com alguma frustração. Não nego que alguns blogs me interessaram, porém admito que a maioria deles, somada ao que eu já observava há algum tempo, me decepcionou.

Penso que temos uma ferramenta maravilhosa em nossas mãos e que se continuarmos a usá-la da forma como temos feito, a perderemos em um clique. Eu gostaria muito de encontrar conteúdos autênticos em cada pequeno blog e ter o prazer de saber que existe uma pessoa por detrás de cada um deles que preza a informação e a seriedade acima de tudo. Não aguento mais receber e-mails com "Oi, eu amei a sua loja e acho que ela tem super a ver com meu público. Vamos fazer uma parceria? Você vai lucrar muito com isso, porque eu tenho muitos acessos". Dou meu cu para trinta negões se, ao menos, metade dessas blogueiras realmente estiver interessada nos produtos da minha loja, achar que eles têm algo em comum com seu público e que uma parceria poderia ser um bom negócio, além do fato delas não terem escrito exatamente o mesmo texto para dezenas de outras lojas, completamente diferentes da minha. Além do mais, estou exausta por observar sempre a mesma receita de bolo em todos os blogs, exemplificadas em seções idênticas, tais como: esmalte do dia, look do dia, dica de loja, como usar e, principalmente, dica de produto sem a notificação de que a blogueira foi paga para escrever aquilo e que aquela não é sua opinião verdadeira.

Meninas, meninos, parem de se vender por pouca merda. Vocês têm o poder da informação em suas mãos e a chance de conhecer diversas culturas sem sair do quarto, então, por favor, avaliem muito bem que tipo de pessoa vocês querem ser antes de se espelharem em privadas ambulantes. Não atirem para todas as lojas que virem suplicando por uma parceria sem primeiramente estipular limites para você e sua educação perante outras pessoas. Sejam vocês mesmos, criem coisas novas, coloquem óleo no cérebro e liguem essa bagaça de novo. Somos todos jovens e cheios de energia, temos o mundo em nossas mãos e podemos fazer muito, muito melhor.

5 de jul de 2012

Como comprar em lojas virtuais estrangeiras

Muitas pessoas se mostram surpresas quando eu digo que faço compras em lojas internacionais, mas o que elas não sabem é o quão simples isso pode realmente ser. Por esta razão, resolvi fazer um guia para ensinar como fazer compras em lojas estrangeiras, e espero que todos comecem a desfrutar as maravilhas que o mercado internacional pode oferecer. Siga as instruções a seguir e boas compras!

1) Crie uma conta no PayPal:
O PayPal é uma espécie de intermediador entre você e a loja. É ele quem vai transferir o seu dinheiro ao estabelecimento em que você estiver comprando. Para realizar compras internacionais com o PayPal, você só precisa ter um cartão de crédito nacional. Crie sua conta no site seguindo as instruções do vídeo abaixo:



2) Acesse o site da loja desejada:
Como exemplo, eu vou simular uma compra na OASAP, loja extremamente confiável da China. Eu recebi um vestido deles de presente, e achei todo o processo de escolha e envio muito simples. Recebi a mercadoria em pouco menos de um mês, e estava esperando isso acontecer para decidir se a loja merecia ser recomendada ou não.

3) Navegue pelo site em busca do produto desejado:
Suponha que você escolheu esse produto. Ele custa $26.00 (vinte e seis dólares), mas para saber quanto você vai pagar por ele, precisará descobrir quanto vale o dólar. Hoje, um dólar equivale a R$2,01 (dois reais e um centavo), porém você precisará se manter atualizada, então eu recomendo este site para fazer isso. Convertendo, o valor do produto seria de aproximadamente R$52.

4) Verifique o tamanho do produto:
Agora que você já escolheu o que vai comprar, verifique o tamanho (size). Para esse produto-exemplo, o site vai oferecer três tamanhos diferentes: S (small = pequeno), M (medium = médio) ou L (large = grande). Antes de selecionar, leia a descrição (description) do produto e note que suas medidas estão disponíveis, indicadas pelo tamanho: Waist (cintura), Hip (quadril) e Length (comprimento). Selecione o tamanho desejado e clique em "ADD TO BAG".

5) Finalize sua compra:
Essa página para onde você foi levada é o seu carrinho, o mesmo que o resumo da sua compra. Se você ainda pretende comprar mais peças, clique em "CONTINUE SHOPPING", mas se quiser finalizar sua compra por aí, basta clicar em "CHECK OUT WITH PAYPAL". Para essa opção, o site da loja te levará direto à transação com o PayPal, e usará o endereço cadastrado lá para enviar sua compra. Deste trecho em diante, você apenas precisará seguir as instruções do PayPal para finalizar sua compra.
Sempre que quiser checar seu pedido, volte ao site da loja, faça login e clique em "MY ACCOUNT". Quando no "Order status" estiver escrito "Shipped", significa que seu produto já foi enviado e que agora você já pode esperar, em média, um mês para recebê-lo.

DICAS:
Antes de realizar suas compras virtuais, nacionais ou internacionais, procure saber se a loja é confiável e se ela entrega no Brasil. Uma boa saída para descobrir isso é acessar as redes sociais onde a loja estiver e se informar quanto ao que os clientes estão falando sobre ela. Outro fator importante é checar as medidas das peças de roupas e todas as informações possíveis sobre os produtos que você pretende comprar. Trocas sempre geram transtornos, então faça sua parte como cliente e realize compras conscientes e inteligentes.

Se tudo for feito corretamente, compras em lojas estrangeiras poderão salvar sua vida diversas vezes, já que podemos encontrar peças que dificilmente encontraríamos por aqui, a não ser sob preços tão altos. Não existe nada mais legal que poder garimpar e adquirir seus produtos quando você bem entender, sem precisar esperar determinada tendência chegar no Brasil. Boa sorte!
Caso você possua qualquer dúvida, seja sobre tamanho, pagamentos, procedimentos ou o que mais existir em sua mente, escreva nos comentários e eu procurarei ajudá-la com isso.

4 de jul de 2012

Dip Dye Hair, Descoloração e Decapagem Caseira

Após ouvir inúmeras perguntas sobre os três temas mencionados no título deste post, resolvi gravar um vídeo explicando tudo o que sei sobre eles. Na primeira parte do vídeo eu mostro como separei meu cabelo para deixá-lo apenas com as pontas descoloridas, formando uma espécie de dip dye; na segunda parte falo um pouco sobre as descolorações necessárias para usar cores fantasia nos cabelos e na última parte eu compartilho a minha receita de decapagem caseira, procedimento ideal para abrir o tom do cabelo aos poucos, sem resultar em muitos danos.

Deixe suas dúvidas nos comentários deste post e eu as responderei ;)



Agora, responda: qual foi a maior arte que você já fez no cabelo ou que pretende fazer?

2 de jul de 2012

Galaxy T-shirt na Cappuccine Store

Sim, eu tomei coragem, arregacei as mangas e fiz as tão sonhadas Galaxy T-shirts! Estou tão apaixonada por elas, que não quero tirá-la do meu corpo nem para tomar banho! Adquira já a sua no site da minha loja, a Cappuccine Store!