27 de mar de 2012

Ajustes no calendário da moda brasileira começam neste ano


Se você já se habituou a acompanhar os desfiles de inverno em janeiro e os de verão em junho, chegou o momento de refazer as marcações em seu calendário. Segundo a Luminosidade, produtora das semanas de moda do Rio e de São Paulo, 2012 apresentará três temporadas, adicionando, em outubro, as propostas de inverno 2013 após os lançamentos de verão 2013, que acontecerão em junho. Tais eventos, somados à exibição das coleções de inverno 2012, apresentadas no último janeiro, resultarão em três semanas de moda. 

Por outro lado, as mudanças que ocorrerão à partir 2013 são mais simples, uma vez que consistirão em apenas duas alterações: desfiles de verão apresentados na segunda quinzena de março e os de inverno na segunda quinzena de outubro. O Fashion Business, meu evento favorito, ainda não divulgou se pretende acompanhar esse novo calendário.

Tais adaptações beneficiarão as marcas, visto que haverá mais tempo para que elas levem às vitrines o que foi exibido nas passarelas. Diante desses fatos, eu começo a ter certeza de que o Brasil possui semanas de moda demais. Alguém já percebeu que nenhum outro país, por mais importante para a moda que seja, possui mais de uma cidade-sede para exibir suas coleções? Eu mantenho a opinião de que o Paulo Borges deveria controlar sua megalomania e concentrar todos os desfiles em um só evento, maior e mais importante. Quando se divide um holofote, esteja certo de que alguém será mais ofuscado, e quem sai perdendo é o Brasil.

E vocês, o que pensam sobre essas mudanças e as semanas de moda brasileiras?

Nenhum comentário:

Postar um comentário